top of page

GUIA DE TURISMO: UMA DAS FIGURAS QUE MELHOR REPRESENTA A IMAGEM COLETIVA SOBRE O TURISMO

POR: Silvia Chimenti e Adriana Tavares

“Ser Guia de Turismo é abdicar da sua individualidade para garantir ou satisfazer o sonho do viajante” (Hilário Ângelo Pelizzer). Baseado neste conceito do Prof. Hilário Ângelo, e conforme a Lei n° 8.623 de 28 de janeiro de 1993, que dispõe sobre a profissão de Guia de Turismo, em seu Art. 2º para os efeitos desta lei, é considerado Guia de Turismo o profissional que, devidamente cadastrado no Ministério do Turismo, exerça atividades de acompanhar, orientar e transmitir informações a pessoas ou grupos, em visitas, excursões urbanas, municipais, estaduais, interestaduais, internacionais ou especializadas.


Neste sentido, e exercendo o papel de divulgar experiências exitosas da educação profissional, compartilhamos neste espaço do Práxis na Prática, as experiências vivenciadas pelos professores Marcius Tulius Soares Falcão e Temilson Costa, referente a realização do City Tour abrangendo a parte histórica do Centro de Fortaleza e Litoral Oeste, visitando a praia de Cumbuco e Santuário de Santa Edwiges. O curso Técnico em Guia de Turismo realizado no IFCE Campus Fortaleza, é da Área de Turismo, Hospitalidade e Lazer, coordenado pelo Prof. Marcius Tulius Soares Falcão, e oferecido na modalidade de curso técnico subsequente. Exige como pré-requisito o ensino médio e tem a duração de 3 semestres (1 ano e meio). As formas de ingresso no curso se dar através de exame de seleção, transferência interna ou externa ou ingresso como diplomado de curso superior ou técnico e são ofertadas 30 vagas durante o período noturno.



O curso forma técnicos para atuar como guias de turismo regional e nacional, possibilitando aos concludentes conduzir e dar assistência aos turistas ou pessoas em traslados, passeios, visitas e viagens. Em sua formação, os discentes também têm a possibilidade de entender os aspectos socioculturais, históricos, ambientais e geográficos, além de compreender a importância do patrimônio material e imaterial dos atrativos turísticos, permitindo aos alunos após a conclusão do curso, obter um cadastro no Ministério do Turismo, para atuar como Guia Regional no Estado do Ceará, e acompanhar grupos pelo Brasil e países que possuem acordos referentes ao Mercosul. Para saber mais sobre o curso acesse:




124 visualizações0 comentário
bottom of page